TEXTO DIÁRIO, Segunda-feira, 24 de junho de 2024, Nosso Deus perdoará generosamente (Is. 55:7).

TEXTO DIÁRIO, Hoje segunda-feira, 24 de junho de 2024, Nosso Deus perdoará generosamente (Is. 55:7).

Examinemos as Escrituras todos os dias de 2024.

Segunda-feira, 24 de junho de 2024

Nosso Deus perdoará generosamente (Is 55:7).

As Escrituras nos asseguram que Deus não nos abandonará quando cometermos um erro. Os israelitas pecaram repetidamente contra Jeová, mas sempre que se arrependeram verdadeiramente, ele os perdoou. Os cristãos do primeiro século também sabiam o quanto Jeová os amava. Por exemplo, ele inspirou o apóstolo Paulo a encorajar os seus companheiros cristãos a perdoar e consolar um homem que se arrependeu depois de cair numa vida imoral (1Co 5:1-5; 2Co 2:6, 7). Ficamos muito impressionados ao saber que Jeová não deu as costas aos seus servos por cometerem erros. Pelo contrário, com muito carinho, ajudou-os, corrigiu-os e convidou-os a voltar para os seus braços. E ele promete fazer o mesmo com qualquer um que pecar e se arrepender hoje (Tiago 4:8-10). A Bíblia nos ensina que Deus é justo, é sábio e nos ama muito. Além disso, este livro mostra que Jeová quer que o conheçamos e sejamos seus amigos. w23.02 7 par. 16, 17.

ENCONTRE JÓIAS ESPIRITUAIS: Semana 24 a 30 de junho de 2024, Salmos 54 a 56, Respostas.

ENCONTRE JÓIAS ESPIRITUAIS: 24 a 30 de junho de 2024, Salmos 54 a 56, Respostas.

Encontré Joias Espiritáis (10 min.)

Salmo 55:12, 13. Será que Jeová predestinou Judas para trair Jesus? (it-2 707, 708).

Podemos dizer que Jeová não predestinou ninguém e isso tinha a ver com Judas, embora Judas fosse um dos apóstolos de Jesus e o tivesse escolhido conscientemente, ele não tinha nenhum indício de fazer o mal, mas as profecias já haviam relatado que um dos escolhidos de Jesus o trairia, mas eles não disseram quem ele era. Portanto, podemos dizer que Jeová não predestina ninguém a ser mau ou bom.

De acordo com este texto do Salmo 55 12 13, e outros textos bíblicos, eles profetizaram que um dos associados íntimos de Jesus o trairia, mas não especificaram quem seria. Isto demonstra a presença de Jeová e de seu filho, mas não implica que Judas Iscariotes estava predestinado a trair Jesus. De acordo com os princípios bíblicos, não se pode dizer que Deus determinou o comportamento de Judas.

Estudo de Livro de Congregação, Semana 24 a 30 de junho de 2024, Capítulo 11, parágrafos 11 a 19, Respostas.

Estudo do Livro da congregação, 24 a 30 de junho de 2024, Capítulo 11, parágrafos de 11 a 19, Respostas.

Estudo bíblico de congregação (30 minutos) bt cap. 11 parágrafos. 11-19.

11, 12. Como Paulo despertou o interesse do povo na sinagoga de Antioquia, na Pisídia?

Para captar o interesse das pessoas na sinagoga, Paulo empregou diversas estratégias, aproveitando o seu conhecimento das escrituras e a sua capacidade de se conectar com o seu público. 

COMENTÁRIOS ADICIONAIS

Paulo e Barnabé frequentavam a sinagoga no sábado, por ser um dia significativo para os judeus, quando a comunidade se reunia para a leitura pública das Escrituras. Isto permitiu-lhes dirigir-se a um público que já tinha inclinações espirituais e um estado de espírito receptivo a tópicos espirituais,

Após a leitura pública, os presidentes da sinagoga convidaram para a plataforma os que queriam ensinar e Paulo e Barnabé aproveitaram a oportunidade para iniciar seu discurso relembrando a história de Israel, tema próximo e relevante ao seu público, composto de judeus e prosélitos.

NOSSA VIDA CRISTÃ, Semana 24 a 30 de junho de 2024, Vídeo: Podemos ser felizes apesar da espada, Análise e Respostas.

NOSSA VIDA CRISTÃ, 24 a 30 de junho de 2024, Vídeo: Podemos ser felizes apesar da espada, Análise e Respostas.

Podemos ser felizes apesar da espada (5 min.) Análise com o público.

Reproduza o VÍDEO. Então pergunte:

Como a experiência do irmão Dugbe pode ajudá-lo quando você está com medo?

Esta experiência nos ensina a importância de confiar em Jeová na sua organização, quando surgem problemas porque vivemos num mundo instável com problemas, guerras e podemos nos sentir afetados da noite para o dia. Foi o que aconteceu com o irmão Dugbe que viveu numa época em que a sua família estava bem, mas quando estourou a guerra tudo de bom desapareceu, ele mencionou que naqueles momentos críticos estavam a oração e a ajuda dos irmãos, daí a importância de permanecer leal a Jeová em todos os momentos. 

COMENTÁRIOS ADICIONAIS

A experiência do irmão Dugbe pode ajudar-nos quando temos medo, porque ele passou por situações extremamente difíceis e encontrou uma maneira de enfrentá-las. Tendo vivido em Monróvia durante a Guerra Civil, Dugbe sabe o que é enfrentar o caos e a insegurança. 

Sua história de como sua família perdeu tudo e teve que fugir para sobreviver, confiando em sua amizade com Jeová e na ajuda de seus irmãos, nos inspira a encontrar força na fé e também na ajuda da congregação e a ter aquela fé que nós vamos receber aquela ajuda espiritual que precisamos. Seguindo seu exemplo de oração e confiança em Jeová, podemos aprender a administrar nossos próprios medos, sabendo que não estamos sozinhos e que sempre há alguém disposto a nos ajudar.

FAÇA SEU MELHOR NO MINISTERIO: Semana 24 a 30 de junho de 2024, Início das conversas: PREGAÇÃO PÚBLICA. Lição 11. Tarefa Preparada.

FAÇA SEU MELHOR NO MINISTERIO: 24 a 30 de junho, Início das conversas: PREGAÇÃO PÚBLICA. Lição 11). Tarefa Preparada.

Inicie conversas (3 min.) PREGAÇÃO PÚBLICA. Conte à pessoa sobre nossos cursos bíblicos e dê a ela um cartão de contato para nossas aulas bíblicas (lição 11).

Editora: Bom dia.

Assistente: Bom dia.

Editora: Enquanto você espera no ponto de ônibus, gostaria de saber sua opinião sobre esta questão levantada por este tratado: Como você vê o futuro?

Ajudante: Nosso futuro hoje parece muito incerto. Basta olhar as notícias: há guerras em todo o mundo e problemas de fome. Você acha que isso pode nos levar a um bom futuro?

FAÇA SEU MELHOR NO MINISTERIO: Semana 24 a 30 de junho de 2024, Faça revisitas: PREGAÇÃO INFORMAL. (Fazer discípulos: um trabalho de amor, Lição 7 ponto 4). Tarefa Preparada.

FAÇA SEU MELHOR NO MINISTERIO: 24 a 30 de junho, Faça revisitas: PREGAÇÃO INFORMAL. (Fazer discípulos: um trabalho de amor, Lição 7 ponto 4). Tarefa Preparada.

Faça revisitas em 4 minutos.) PREGAÇÃO INFORMAL. (lmd lição 7 ponto 4).

Editora: Bom dia.

Assistente: Bom dia.

Editora: Que bom ver você de novo, você está esperando o mesmo ônibus?

Assistente: Sim, só isso.

Editora: Da última vez falamos sobre o futuro e como as coisas vão mudar.

Assistente: Sim, eu me lembro.

FAÇA SEU MELHOR NO MINISTERIO: Semana 24 a 30 de junho de 2024, Discurso: O amor a Cristo nos leva a ser corajosos., Lição 18, Tarefa Preparada.

FAÇA SEU MELHOR NO MINISTERIO: 24 a 30 de junho de 2024, Discurso: O amor por Cristo nos leva a ser corajosos., Lição 18, Tarefa Preparada.

Discurso (5 min.) w23.01 29, 30 pars. 12-14. Título: O amor por Cristo nos leva a ser corajosos. Use a imagem (lição 9).

O medo pode paralisar qualquer pessoa, tem criança que ao ver um inseto fica horrorizada e grita, foge. Ou você vê um cachorro que parece muito agressivo e perigoso, muitos fogem.

Mas ele percebeu que quando esse filho cresce e se torna pai ou mãe, ele se torna uma pessoa muito corajosa na hora de proteger e defender seus filhos. Qual é a razão desta mudança de uma criança muito medrosa para um adulto muito corajoso? Pelo amor de sua família ou de seus filhos. 

Falaremos sobre isso neste discurso com o título: “O amor a Cristo nos leva a ser corajosos”. É lindo reconhecer isso na história de João capítulo 16, versículos 32 e 33. Jesus disse claramente aos seus discípulos que todos os seus seguidores. presente e no futuro eles seriam perseguidos, mas no final do versículo 33 ele lhes disse algo muito encorajador.

TESOUROS DA BÍBLIA, Semana 24 a 30 de junho de 2024, Deus está ao seu lado, Discurso Preparado.

TESOUROS DA BÍBLIA, 24 a 30 de junho de 2024, Deus está ao seu lado, Discurso Preparado.

Deus está ao seu lado (10 min.)

Você já ouviu a expressão: “Se Deus está do nosso lado, quem poderá estar contra nós?” Embora seja uma frase comum, não há dúvida de que é verdade, Jeová nos entende melhor do que ninguém. Ele sabe o que pensamos e sentimos, quer cuidar de nós e estar ao nosso lado nos momentos difíceis.

Em alguma ocasião de nossas vidas podemos precisar de ajuda, principalmente para enfrentar os problemas que surgem, se eles vierem até nós, não seria incomum que a situação nos levasse a uma desesperança irremediável. Pode muito bem parecer-nos que o fardo é maior do que podemos suportar.

Temos o exemplo de Davi, servo de Deus, que confiou em Jeová quando estava com medo. Certa ocasião, Davi refugiou-se no domínio de Aquis, rei da cidade filisteia de Gate, a mesma cidade onde nasceu Golias. Então os servos do rei o acusaram de ser inimigo da nação. O que Davi fez naquela situação perigosa? Vamos ler o Salmo capítulo 56 versículos 1 ao 4 que diz o seguinte.