ENCONTRE JÓIAS ESPIRITUAIS: Semana 15 a 21 de julho de 2024, Salmos 63 a 65, Respostas.

ENCONTRE JÓIAS ESPIRITUAIS: 15 a 21 de julho de 2024, Salmos 63 a 65, Respostas.

Encontré Joias Espiritáis (10 min.)

Salmos 64:3. Por que este texto nos obriga a falar de forma construtiva? (w07 15/11 15 par. 6).

Este texto nos incentiva a falar de forma construtiva, porque sendo imperfeitos podemos usar a linguagem para destruir, é fácil atacar as falhas dos outros e porque todos são imperfeitos e cometem erros. Não é nada difícil descobrir os defeitos dos outros e derrubá-los com comentários ofensivos. As nossas palavras podem ser como instrumentos para construir ou como armas para destruir. É por isso que devemos nos esforçar para ser construtivos. Se fizermos isso, manteremos bons relacionamentos com outras pessoas e uma boa posição diante de Deus.

Que pérolas espirituais você encontrou na leitura da Bíblia desta semana?

Salmo 63:1-3. Este texto nos faz ver que é o amor que nos motiva a obedecer a Jeová, a ir até ele, a fazer sacrifícios para agradá-lo e a suportar qualquer provação. Não há nada mais importante do que sermos amigos do nosso Querido Deus, porque entendemos que uma vida sem Jeová é uma vida vazia. Não há nada como tê-lo ao nosso lado e sentir o seu amor.

Salmo 63:1. Davi usa o efeito que estar nesta região árida e árida tem sobre ele e menciona que anseia por Deus. Ele compara o desejo de companhia com seu Deus ao anseio por água num deserto árido. Com estas palavras, Davi buscou o favor de Jeová, sua orientação e proteção. Davi ansiava tanto pela ajuda e pelo revigoramento de Jeová que disse que esse anseio o enfraquecia. Isto nos ensina que, como Davi, o mais importante é sempre colocar o nosso Deus e a sua adoração em primeiro lugar.

Estudo de Livro de Congregação, Semana 15 a 21 de julho de 2024, Capítulo 12, parágrafos 14-20, Respostas.

Estudo de Livro de Congregação, 15 a 21 de julho de 2024, Capítulo 12, parágrafos 14 a 20, Respostas.

Estudo bíblico de congregação (30 minutos) bt cap. 12 parágrafos. 14-20.

14-16. Que outras duas lições nos ensinam o que Paulo e Barnabé disseram em Listra?

Uma lição fundamental é a importância de adaptar a nossa mensagem àqueles a quem pregamos. Assim como Paulo e Barnabé usaram exemplos agrícolas que eram compreensíveis para o povo de Listra, nós também devemos considerar o contexto e as crenças do nosso público ao pregar a mensagem do Reino. 

COMENTÁRIOS ADICIONAIS

Também podemos aprender com cada pessoa e saber que cada pessoa é responsável pela sua resposta à mensagem de Deus. Conforme Paulo indicou aos romanos, todos nós somos responsáveis perante Jeová pela forma como reagimos à sua palavra. Isso nos motiva a pregar com sinceridade e amor, deixando o resultado nas mãos dele, nas mãos de Jeová. Apesar dos desafios e das possíveis respostas adversas, devemos confiar que a palavra de Deus tem poder para transformar vidas. Como semeadores, nosso trabalho é plantar fielmente a semente do Evangelho, sabendo que Jeová é quem produz o crescimento espiritual em cada pessoa. 

Para nós, uma das lições mais importantes é conhecer o nosso território e adaptar a nossa mensagem em conformidade. A semente que plantamos é sempre a mensagem do Reino, mas o método de preparação da terra pode variar, assim como os agricultores utilizam técnicas diferentes para diferentes tipos de solo, devemos ajustar as nossas apresentações de acordo com as circunstâncias e crenças das pessoas com quem vivemos. 

NOSSA VIDA CRISTÃ, Semana 15 a 21 de julho de 2024, Vídeo: O que posso fazer para que Deus veja que o amo?, Análise e Respostas.

NOSSA VIDA CRISTÃ, 15 a 21 de julho de 2024, Vídeo: O que posso fazer para que Deus veja que o amo?, Análise e Respostas

O que posso fazer para que Deus veja que eu o amo? (15 min.) Análise com o público.

Dê play no VÍDEO. Vamos mostrar no ministério o amor que nunca falha. Depois pergunte: Por que é necessário amor para pregar as boas novas nas seguintes situações?

Quando estamos cansados.

É essencial porque nos impulsiona a seguir em frente, pois queremos que outros também experimentem a esperança e o conforto que encontramos nas escrituras. O amor é um motor poderoso que nos permite perseverar e continuar pregando, mesmo quando sentimos que a nossa força física está nos abandonando.

COMENTÁRIOS ADICIONAIS

No vídeo vemos que o irmão estava exausto após um longo dia de trabalho, mas ouviu o convite do filho para pregar, e seu amor por Jeová e pelas pessoas não o motivou a sair novamente. Apesar do cansaço, ele lembrou que a verdade pode mudar vidas, como aconteceu com ele no passado. O amor nos dá força para perseverar e compartilhar a mensagem, mesmo que nossas energias falhem.

A razão pela qual precisamos de amor para pregar quando estamos cansados é porque vivemos num mundo acelerado, e é normal sentirmo-nos exaustos pelo trabalho árduo, mas podemos lembrar-nos do que João 5:3 diz que os mandamentos de Jeová são não é um fardo.

FAÇA SEU MELHOR NO MINISTERIO: Semana 15 a 21 de julho de 2024, Iniciar conversas: DE CASA EM CASA. (Fazer discípulos: um trabalho de amor, Lição 3 ponto 4). Tarefa Preparada.

FAÇA SEU MELHOR NO MINISTERIO: 15 a 21 de julho de 2024, Iniciar conversas: DE CASA EM CASA. (Fazer discípulos: um trabalho de amor, Lição 3 ponto 4). Tarefa Preparada.

Inicie conversas (2 minutos) DE CASA EM CASA. A pessoa não fala a mesma língua que você (lmd lição 3 ponto 4).

Editora: Bom dia

Ajudante: bom Dia

Editora: Parece que você não fala a nossa língua?

Assistente: Não entendo o que você diz, não falo espanhol (não entendo o que você diz, não falo espanhol)

Editor: O que posso lhe dizer? A primeira coisa que devo fazer é descobrir que idioma você fala. Sou o nome do seu país.

Assistente: Eu entendo um pouco, sou do Brasil. (entendo um pouco, sou do Brasil)

FAÇA SEU MELHOR NO MINISTERIO: Semana 15 a 21 de julho de 2024, Iniciar conversas: PREGAÇÃO INFORMAL (Fazer discípulos: uma obra de amor, Lição 2 ponto 4). Tarefa Preparada.

FAÇA SEU MELHOR NO MINISTERIO: 15 a 21 de julho de 2024, Início das conversas: PREGAÇÃO INFORMAL (Fazer discípulos: uma obra de amor, Lição 2 ponto 4). Tarefa Preparada.

Inicie conversas (2 min.) PREGAÇÃO INFORMAL. A conversa termina antes que você possa falar sobre a Bíblia (lição 2, ponto 4).

Contexto: Imagine que você está conversando com um amigo no mercado.

Editora: Olá! Como você tem estado?

Ajudante: Olá, tudo bem, obrigado. E você?

Editora: Bem, obrigado. Ultimamente tenho refletido muito sobre como enfrentamos os desafios diários. E aqueles que estão vindo para o futuro.

Ajudante: A verdade é que como pais devemos pensar no futuro e nos problemas que podem surgir. Este ano tem sido bastante difícil com tantas mudanças no trabalho e em casa.

FAÇA SEU MELHOR NO MINISTERIO: Semana 15 a 21 de julho de 2024, Início das conversas: PREGAÇÃO PÚBLICA. (Fazer discípulos: um trabalho de amor, Lição 1 ponto 5). Tarefa Preparada.

FAÇA SEU MELHOR NO MINISTERIO: 15 a 21 de julho de 2024, Início das conversas: PREGAÇÃO PÚBLICA. (Fazer discípulos: um trabalho de amor, Lição 1 ponto 5). Tarefa Preparada.

Inicie conversas (3 min.) PREGAÇÃO PÚBLICA. Descubra em quais assuntos a pessoa está interessada e concorde em conversar novamente em outra ocasião (lmd lição 1 ponto 5).

Contexto: você está no parque e a pessoa passa devagar e para para olhar o balcão

Editora: Olá, bom dia. Você está procurando um livro específico?

Ajudante: Olá, bom dia. Eu só estava assistindo para distrair minha mente. Este ano foi bastante estressante.

Editora: Eu entendo. Às vezes precisamos de um tempo para relaxar e sentir paz em relação aos problemas que temos. Hoje estou conversando com as pessoas sobre questões que afetam nossas vidas diárias. Você se importa se eu fizer uma pergunta rápida?

Assistente: Claro, sem problemas.

FAÇA SEU MELHOR NO MINISTERIO: Semana 15 a 21 de julho de 2024, Explique suas crenças: Encenação. Tópico: Por que as Testemunhas de Jeová continuam indo às casas de pessoas que já disseram “Não estou interessado”?, Lição 4, ponto 3. Tarefa Preparada.

FAÇA SEU MELHOR NO MINISTERIO: 15 a 21 de julho de 2024, Explique suas crenças: Encenação, Lição 4, ponto 3. Tarefa Preparada.

Explique suas crenças (4 minutos). Faça uma dramatização. ijwfq 51. Tópico: Por que as Testemunhas de Jeová continuam a ir às casas de pessoas que já disseram “Não estou interessado”? (lmd lição 4 ponto 3).

Contexto: Ana e Carlos estão no carro, estacionado em frente à casa de Laura, conversando sobre qual estratégia utilizar para a visita.

Ana: Bom, aqui estamos de novo, em frente à casa da Laura. Você se lembra da nossa última visita?

Carlos: Sim, lembro bem. Laura nos disse que não estava interessada naquele momento. Mas ele também mencionou que tem lidado com muito estresse ultimamente.

Ana: Exatamente. E mesmo que ela não tenha demonstrado interesse da última vez, é sempre importante revisitar. As circunstâncias das pessoas podem mudar e nunca sabemos quando alguém poderá ser mais receptivo.

Carlos: Concordo. Além disso, sempre que tenho que visitar uma casa que já pregamos, lembro-me do texto de Mateus 22:37-39, o amor que sentimos pelo próximo nos impulsiona a continuar tentando. Nunca sabemos se esta visita pode ser o momento certo para ela.

Estudo de A Sentinela, Confiemos no “Juiz de toda a terra” e na sua misericórdia, Semana 8 a 14 de julho de 2024, Comentários e Respostas.

Estudo de A Sentinela, Confiemos no “Juiz de toda a terra” e na sua misericórdia, 8 a 14 de junho de 2024, Comentários e respostas.

“O Juiz de toda a terra não fará o que é certo?” (Gên. 18:25).

1. Que lição valiosa Jeová ensinou a Abraão?

A lição que ele ensina é que ele nunca destruirá os justos.

COMENTÁRIOS ADICIONAIS

Num diálogo de perguntas e respostas que Abraão fez e Jeová lhe respondeu, ele lhe mostrou que era um Deus que apreciava os justos e, portanto, não destruiria tanto os justos como os iníquos.

E isso acontecia mesmo que Abraão tivesse fé em Jeová, mas era lógico que ele pedisse, bem, para ele era lógico que aquela cidade fosse destruída, que haveria pessoas justas como Jeová iria destruí-las. Na cabeça dele ele pensaria que é inapropriado você fazer isso, destruir os justos, com os injustos.